Por Que Consumir Orgânicos?


Publicado em: 16 de Agosto de 2015 às 14:08

Os produtos orgânicos vem ganhando cada vez mais notoriedade em todo o mundo pelo seu sabor e benefícios à saúde e ao meio ambiente. Mas ainda são muitas as dúvidas sobre o que é um produto orgânico. A revista Ambiente Urbano publicou uma matéria acerca de tal tema. Em linhas gerais, pode-se dizer que são produtos isentos de insumos artificiais, como os fertilizantes sintéticos e os agrotóxicos, de drogas veterinárias, hormônios e antibióticos e de organismos geneticamente modificados - no caso de carnes. O alimento orgânico é completamente diferente daquele que estamos habituados a consumir. Os alimentos ditos convencionais recebem grandes quantidades de substâncias nocivas à saúde dos seres vivos, da terra e da água, tais como inseticidas, fungicidas, herbicidas e adubo químico, que também contribuem para a redução do valor nutricional dos alimentos. Existem alimentos orgânicos de todo tipo: frutas, verduras (os mais comuns), cereais, leguminosas, sementes, óleo pressurizado a frio, leite, ovos, carnes e também alguns tipos de processados (massas, conservas, geléias, bolachas), mas nem todos estão disponíveis no mercado brasileiro.

POR QUE CONSUMIR?
Os benefícios para quem consome produtos orgânicos são muitos. Esses alimentos são considerados mais saudáveis por possuírem menos toxidade e maior valor nutricional, além de serem bem mais saborosos que os convencionais. Além disso, os orgânicos podem ser aproveitados na totalidade, sem a preocupação em retirar a casca onde está grande parte dos nutrientes, já que nas frutas e legumes convencionais a casca retém grande parte dos pesticidas e fertilizantes utilizados no cultivo. Outra vantagem dos orgânicos é que são livres de organismos geneticamente modificados e o seu cultivo é harmônico com o meio ambiente. Em uma plantação, geralmente o solo é utilizado até o seu desgaste, o que não ocorre com o cultivo dos orgânicos. Neste tipo de agricultura, o solo recebe nutrientes naturais - como o esterco, por exemplo - que fazem com que o seu uso seja constante. Os orgânicos também possuem os nutrientes mais concentrados e mais vitamina C. Nos tomates orgânicos, por exemplo, podem ser encontrados 23% mais vitamina A que nos tomates convencionais Além disso, eles não apresentam excesso de nitratos, que podem ser cancerígenos. Ao consumirmos alimentos orgânicos, estamos incentivando uma forma de agricultura em que se preserva a biodiversidade, a saúde do solo, das águas e do ar e também contribuímos para a saúde ambiental. Se os alimentos orgânicos forem produzidos pela agricultura familiar, estaremos ainda promovendo a dignificação do agricultor e sua inserção social, estimulando, assim, um importante contexto de saúde social.
Fonte: Revista Ambiente Urbano

Ulisses Gomes - Eng. Ambiental

Publicado por Ulisses Gomes

Retornar ao Blog

Comentários